Centro Qualifica da Escola Profissional de Vila do Conde

Centro Qualifica da Escola Profissional de Vila do Conde

Os Centros Qualifica são estruturas centrais do Sistema Nacional de Qualificações, vocacionados para a informação, o aconselhamento e o encaminhamento para ofertas de educação e formação de adultos, com idade igual ou superior a 18 anos que procurem uma qualificação. 

Os processos de RVCC, desenvolvidos nos Centros Qualifica, consistem no reconhecimento de competências escolares e profissionais adquiridas pelos adultos, ao longo da vida, tendo em vista a respetiva certificação. 

O RVCC Escolar visa a melhoria dos níveis de certificação escolar dos adultos que não possuam o nível básico ou secundário de escolaridade. A certificação obtida através deste sistema é igual à atribuída nas outras vias e permite o prosseguimento de estudos. 

Os adultos que não possuem qualificação nesta área profissional (Informática — Instalação e Gestão de Redes) podem também ingressar num processo de RVCC Profissional. Este sistema possibilita reconhecer, validar e certificar os conhecimentos e as competências profissionais resultantes da experiência adquirida em diferentes contextos ao longo da vida. A certificação obtida através deste sistema permite não só a valorização pessoal, social e profissional, mas também o prosseguimento para percursos de formação de nível subsequente. 

A conclusão de um processo de RVCC profissional pode conduzir a uma certificação total correspondente ao nível 4 de qualificação (caso o candidato já seja detentor do nível secundário de educação). 

Os Centros Qualifica dispõem de técnicos preparados para apoiar os adultos na análise e reflexão sobre as competências e características das formações disponíveis e/ou já frequentadas, informação sobre as saídas profissionais e percursos de carreira, apoio na consciencialização da mudança de emprego e (re)definição de objetivos/projetos profissionais. 

Jovens, entre os 15 e os 29 anos, que não estejam empregados, nem a estudar ou a frequentar formação (Jovens NEET — Not in Education, Employment or Training), o Centro Qualifica orienta no sentido de encontrar uma solução, ajustada a cada caso, que passará por: 

  • Educação: uma resposta inserida no sistema de educação, de nível básico, secundário ou pós-secundário 
  • Formação: um caminho alternativo para uma qualificação com equivalência escolar e/ou qualificação profissional, consoante a oferta formativa 
  • Orientação e preparação para o mercado de trabalho/estágio  

No Centro Qualifica de Vila do Conde a coordenadora é Ana Dias. 

Ana Dias 

Coordenadora do Centro Qualifica 

P: Devido à COVID-19, também o Centro Qualifica da Escola Profissional de Vila do Conde teve que interromper todas as atividades coletivas. De que forma é que o Qualifica se ajustou a esta nova realidade e como têm decorrido as atividades? 

R: É verdade. O Centro Qualifica da Escola Profissional de Vila do Conde há muito que trabalha através do Ofice365. 

Trabalhar com ferramentas online sempre foi importante, para nós, por questões de praticidade e segurança. Mas agora, mais do que nunca, tornou-se essencial. Todos os adultos que se inscrevem no nosso Centro têm acesso a credenciais pessoais e de forma gratuita, ao Office 365. 

Não posso dizer que seja uma atividade simples. O exercício principal do Centro passa pelo reconhecimento de competências dos adultos, através da sua história de vida. É um processo encantador, trabalhoso, mas também de muito contacto. É quase impossível falarmos sobre a nossa vida, deixarmos que ela seja analisada e questionada, por alguém que não conhecemos e, portanto, a empatia criada à partida é essencial. A partilha das vivências vai-se construindo, sessão a sessão e a confiança do adulto é imprescindível, para se ter êxito neste processo. Não basta assistir à formação, não basta dizer que se tem conhecimento, é preciso provar através de competências adquiridas em contextos formais e/ou informais e isso requer tempo, esforço e confiança parte a parte.  

No entanto, não nos podemos esquecer da situação que vivemos. Não podemos parar devido à pandemia. Temos de pôr em perspetiva e ver o lado positivo da situação. Mostrar ao nosso público que não precisa de sair da sua zona de conforto, que não perde o tempo das viagens e que estamos à distância de um click. Todos os nossos adultos foram contactados e foram tomadas todas as medidas necessárias à execução do processo, à distância. O Centro Qualifica cedeu computadores aos adultos que não tinham, de forma a conseguirem dar continuidade ao seu processo. 

Hoje, todo o acompanhamento desde inscrição, diagnóstico e orientação, à formação, é feito através da aplicação Teams, em tempo real, em videochamada. 

 Posso afirmar que a dinâmica de grupo é muito boa e a interajuda entre todos é visível. As sessões online fluem da mesma forma que em sala de aula. 

Mia de um mês após o fecho da escola, posso garantir que o balanço é bastante positivo e que, mais do que nunca, as redes sociais estão a ser uma grande ferramenta de trabalho. Podem encontrar-nos no Facebook e no site qualificaepvc.pt. 

P: Nesta altura, para além do RVCC Escolar que áreas de RVCC Profissional existem no Centro Qualifica da Escola Profissional de Vila do Conde? 

R: Este ano o nosso Centro viu aprovadas várias áreas profissionais. Era um objetivo que eu desejava há muito. 

Todas as pessoas que passam por nós, têm uma história de vida única, mas as áreas profissionais eram, em vários casos, dentro da mesma área. Passaram pelo Centro muitas auxiliares de ação educativa, muitas auxiliares de ação direta, muitos eletricistas e a experiência profissional que eles têm é muito sólida e, muitas vezes, o resultado dessa experiência em questões laborais é, em nada, inferior à formação adquirida na escola. Ou seja, esses adultos a nível escolar viam essas competências reconhecidas através do RVCC escolar, mas, profissionalmente, continuavam a desenvolver os mesmos papéis e com os mesmos ordenados. E, o nosso trabalho passa muito por consciencializar cada um, da importância do seu lugar na sociedade e existem muitos funcionários, de várias áreas que, por inúmeros motivos, não tiveram oportunidade de obter formação profissional, e prosseguir estudos, mas a vida encarregou-se disso. 

Hoje, muitos adultos, podem, através do RVCC Profissional, reconhecer as suas competências profissionais, em várias áreas, nomeadamente, administração, informática, eletrónica, canalização, apoio à infância, geriatria, massagem e estética. 

P: Anteriormente exa Formação Modular para ativos, mas, atualmente existe também para desempregados. Em que medida esta situação se torna uma alia para o Qualifica? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.